Apresentação

SANTA CASA DE ANGRA DOS REIS
Desde 1822 que várias pessoas em Angra dos Reis vinham, pensando na criação de uma Santa Casa, para isso promovendo reuniões e procurando interessar aos maiorais da terra, assim como as autoridades locais, porém, a rigor, a nossa Santa Casa foi fundada em 1º de junho de 1832, quando o cirurgião Manuel Pereira de Abreu Guimarães, solicitou ao Governo Imperial a necessária licença para a criação de um Hospital; o quelhe foi deferido, em 24 de julho do mesmo ano de 1824. Obtida a permissão governamental, o mesmo  Dr.º Manuel Pereira de Abreu Guimarães lançou, em 1º de setembro do referido ano de 1824, um manifesto aos ilustres habitantes da Vila de Angra dos Reis e seu distrito, para a fundação de um Hospital, em que se recolhessem os enfermos pobres para serem tratados pela beneficência e caridade pública. No manifesto se pedia a subscrição, entre os habitantes, para a ereção da casa de caridade.
 
Os que podiam davam dinheiro em espécie, os menos favorecidos davam seu próprio labor. Todos queriam e sentiam a necessidade de Angra dos Reis possuir um Hospital. Com o capital arrecadado e a demonstração eloqüente do interesse da população, principalmente, das pessoas abastadas e mais importantes, na fundação de uma Santa Casa na Vila de Angra dos Reis, foi solicitado ao imperador à doação ou desapropriação de um terreno, no qual pudesse ser construído o hospital. Por portaria de 17 de novembro do ano seguinte, isto é, 1825, receberam o Governador Militar da Vila, Brigadeiro Manuel Joaquim Pereira da Silva, a incumbência de, juntamente com o Dr.º Manuel Pereira de Abreu Guimarães, escolher o terreno para a construção do Hospital. Estava assim oficialmente, criada a nossa Santa Casa.
IRMANDADE DA SANTA CASA MISERICÓRDIA DE ANGRA DOS REIS
Com esse legado e mais a quantia angariada a subscrição de 1824, foi novamente fundada no dia 02 de julho de 1836, sob a inovação de Santa Isabel o Hospital da Irmandade da Santa Misericórdia de Angra dos Reis, com a finalidade precípua, como constava do seu primeiro compromisso de tratar dos enfermos necessitados, criar e educar os expostos e as crianças abandonadas. 
Socorrer as donzelas órfãs desamparadas; socorrer e defender os direitos dos pobres encarcerados; quando foi aclamado o seu primeiro Provedor, o benemérito Angrense.
O Hospital e maternidade Codrato de Vilhena é um geral com destaque para o serviço de obstetrícia de alto risco (24 horas). Atende toda a demanda da cidade de Angra dos Reis e municípios vizinhos Paraty, Mangaratiba e Rio Claro, tanto para o SUS como para Convênios de Saúde e particular.
Foram realizados no ano de 2013 no ambulatório 202.215 e na internação 8.543 atendimentos. Atendemos a região de Angra dos Reis, Paraty e Mangaratiba com uma população total de 254.042 habitantes.